segunda-feira, 4 de novembro de 2013

SÉRIE : Os Deuses só exitem para quem acredita neles. Parte 1.

OS DEUSES SÓ EXISTEM PRA QUEM ACREDITA NELES.

Para falarmos dos deuses precisamos antes voltar no tempo, naquele tempo quando o homo sapiens sapiens começou a sua jornada rumo a civilização .O culto as divindades e forças ocultas é tão antigo quanto o processo de sedentarização humano , e não se tem registro do seu início.
Sabemos que diferentes culturas surgiram em diferentes lugares do mundo e a pré-história se processou de maneiras e duração também diferentes.
Com base nos estudos antropológicos sabemos que as primeiras religiões surgiram do culto a fenômenos inexplicáveis da natureza como a chuva, o dia , a noite, o vento, etc.
Com a invenção da agricultura o homem se organizou em pequenos grupos que vão gerar pequenas vilas que depois se tornam as primeiras civilizações que vão se submeter ao poder de um chefe que no principio independia de seu sexo. Esse chefes tomaram para si diversos nomes: imperadores, reis, faraós etc.
Contudo logo em seguida surge também a desigualdade entre os sexos que transforma as mulheres em seres inferiores aos homens cuja função será apenas a de gerar filhos : ser mãe.
As pessoas , como o fazem ainda hoje, se questionaram a respeito de tudo. Por que chovia? Por que ventava? E sem explicações a resposta que parecia mais simples e óbvia era : Porque existe um ser responsável por tal fenômeno , ou seja, o deus do vento ou o deus da chuva ou o deus do sol ou o deus da lua .
Com o conhecimento agrícola avançando regiões foram se tornando mais ricas que outras e passaram a ter um novo problema : a disputa de terras férteis ou seja a guerra. Com a possibilidade da morte cada vez mais presente vê-se a necessidade de se criar o conceito de salvação . Dessa forma a vitória ou a derrota numa guerra seria agora vista também como desejo dos deuses . Homens passam a se especializar em entender os deuses e surge uma casta que vai se dedicar apenas a essa tarefa : os sacerdotes que vão aumentando de importância na medida em que vão ser eles os atestadores e justificadores do poder dos reis. O rei é rei porque os deuses a sim o quiseram. Da união da religião, com a política e os militares as primeiras civilizações se transformam em Teocracias.(poder de deus) .
Como a sociedade vai ficando cada dia mais complexa surgiu a necessidade de se perpetuar o conhecimento para que ele não se perde-se com a morte de uma ou mais gerações. A Escrita vai ser inventada e com ela todos os conhecimentos necessários a construção e manutenção das nascentes civilizações .Dessa forma vemos o nascimento de mais um poder : o poder do saber, que se unirá aos outros e passará a ser de posse exclusiva da casta superior. Com isso a maioria das pessoas vão ser alijadas do saber transformando em presas fáceis a manipulações de todas as espécies de poder. O poder daquele que sabe sobre aquele que não sabe.
As grandes civilizações vão aparecer por volta de 8.000 AC : Suméria ( mesopotâmia) , Egito, Índia ,China, etc. As castas ditas inferiores vão se rebelar contra seus chefes por não suportar o grau de exploração a que iam sendo submetidas. Como acalmar os ânimos e passar conforto? Criando um novo conceito : o conceito de vida após a morte . Dessa forma a vida presente passa a ser uma etapa , uma passagem. Testadas pelos deuses as pessoas teriam que suportar o sofrimento pois a recompensa viria com a libertação eterna ( vida após a morte) se assim não o fizessem os deuses as condenariam a danação muito mais sofrimento após a morte.
Cada civilização tinha seus deuses específicos que no decorrer dos séculos foram ganhando características de outros deuses de outras civilizações criando um sincretismo que faz com que a história de cada religião ou deus venha misturada com as histórias de outros deuses e religiões. Para esse estudo existe uma disciplina chamada de Religiões Comparadas . Uma busca que nos mostra que todas as religiões são híbridas e carregam em si símbolos e mitos de diversas outras.
Vamos , para exemplo , seguir o caminho do surgimento de uma das primeiras religiões Monoteísta ( um deus) o Zoroastrismo.
ZOROASTRISMO: religião monoteísta surgida na antiga região denominada mesopotâmia fundada por Zaratrusta . Em grego seu nome mudou para Zoroastro e é esse o nome que iremos adotar para facilitar a compreensão.
Estima-se que Zoroastro viveu entre 1500 a 1000 AC .Ele pertencia ao clã Spitona e viveu na região onde hoje ficam o Irã e o Afeganistão. Aos 30 anos ele viu um ser de luz que o conduziu a presença de AHURA MAZDA ( Deus) . Segui-se a esse vários encontros onde lhe foi passado ensinamentos. Pregou durante 12 anos até se fixar na região do Afeganistão onde os reis adotaram sua religião e a transformaram em religião oficial do reino.
O principal documento do pensamento de Zoroastro chama-se GATHAS ( 17 hinos escritos por ele ) e fazem parte da AVESTA (livro sagrado) . O Deus do Zoroastrismo se chama AHURA MAZDA ( Senhor Sábio ) . No GATHA encontramos o pensamento dualista entendido como a escolha entre o bem e o mal. Posteriormente o dualismo passa ser entendido como uma batalha no mundo entre as forças benignas e forças malignas. Mais tarde ManiKaîos/Manicheo cria uma doutrina chamada maniqueísmo , muito difundida pelo Império Romano .
Os Zoroastristas acreditam que ele foi um profeta de Deus e que através dos seus ensinamentos os seres humanos podem se aproximar da ordem natural marcada belo bem e justiça. Ensinam que após a morte cada alma é julgada: os que seguem a Verdade chegam ao Paraíso os que seguem a Mentira vão para o Inferno .
Em 549 AC Ciro II funda o Império Persa e adota o Zoroastrismo . Os judeus cativos na Babilônia entram em contato com essa religião e alguns de seus símbolos e dogmas passam a incorporar a religião do povo de Judá.Os gregos também vão entrar em contato com essa religião principalmente depois da dominação desse império por Alexandre da Macedônia (Alexandre, o grande ) em 330 AC.O zoroastrismo entra em sincretismo com a mitologia grega nessa época .
Futuramente todas as regiões do mundo antigo vão ser dominadas e farão parte do Império Romano que também adotará símbolos e dogmas do Zoroastrismo.
Na região onde nasceu o Zoroastrismo existia também o culto a MITRA : um deus que nasceu de uma pedra e trazia na cabeça um barrete (touca) , uma tocha e uma faca. Era pastor e ao dominar o Touro Primordial agarrando-o pelo chifre(cornos) e domou e o montou.O Zoroastrismo vai incorporar alguns elementos do culto a Mitra .Na Grécia a adoração do Touro . Entre os romanos o ritual do Zoroastrismo de fazer orações perante o Fogo ( LUZ DE AHURA MAZDA) . Zoroastro passa a ser representado também segurando em sua mão um alo de luz ( aura , auréola ) de Ahura Mazda , essa luz poderia ser reconhecida também como o Sol , fonte de vida da natureza.
Precisamos lembrar que em cada lugar que o culto a Mitra se fixou seu nome foi mudado . Por exemplo : MITRA no Irã , TAMUZ ou BAAL na Babilônia .Com esses nomes ele será incorporado na mitologia religiosa nas diversas regiões do mundo antigo. (Continua)

Nenhum comentário:

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Praia Grande , Big Beach. , SP, Brazil
Historiadora por profissão. Escritora por destino .Viajante no mundo por acaso. Fotógrafa amadora por paixão.