terça-feira, 23 de julho de 2013

Não sou só eu que uso uma "persona" para escrever meus livros.

Nos anos 50, a escritora Patricia Highsmith lançou Carol – primeiro romance que aborda uma relação amorosa entre mulheres com um final feliz. O polêmico livro foi publicado na época como The Price of Salt, sob o pseudônimo de Claire Morgan. 

Agatha Christie é Mary Westmacott , Nora Robbins é J.D.Robb,Barbara Mertz é Elizabeth Peters, Fernando Pessoa são muitos, Stephen King é Richard Bachman e J.K.Rowling é Robert Galbraith , Maria B. Bastos é Bertha Solares.

E até hoje o recurso de pseudônimo é muito usado ainda .Veja o Link:

Os escritores e suas personas.





















Um comentário:

Salvina.ribeiro@gmail.com disse...

Eu, pessoalmente, não tenho nada contra a utilização de "personas". Às vezes até é conveniente, por motivos vários. Os autores têm o direito de criarem até o seu próprio nome.

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Praia Grande , Big Beach. , SP, Brazil
Historiadora por profissão. Escritora por destino .Viajante no mundo por acaso. Fotógrafa amadora por paixão.