sábado, 15 de outubro de 2011

Crise na Europa. Matéria para ler , pensar e opinar.


Do Portal Luís Nassif

Calote Parece Inevitável, E Poderá Resultar Em Golpe De Estado Na Grécia E Em Portugal

pacotes de austeridade goela abaixo, o que os mergulha na deflação que, em minha opinião, poderia resultar em uma revolução na Grécia, e possivelmente em Portugal também," disse Farage ontem. "O que estamos fazendo é estúpido e, de fato, muito, muito perigoso. Se a Itália for para o buraco, vai ser preciso um trilhão para salvá-la. E afinal, para que mandar dinheiro para esses países? Esse dinheiro está ajudando o povo da Grécia e de Portugal? Não, não está!"
"O que estão fazendo na realidade," continuou ele, "é mandar dinheiro para esses países para que possam mandar de volta para os nossos bancos que, em primeiro lugar, emprestaram-lhes muito mais do que deviam. Isso tudo é uma loucura. Esses países, que caíram nessa prisão econômica chamada Eurozona, precisam mesmo é de uma desvalorização cambial."
Nesse curso escolhido pela União Européia (UE), o calote grego é inevitável, afirmou Farage.
"Há nove meses eu venho perguntando por um Plano B," disse ele. "Poderíamos por favor crescer, poderíamos por favor ser maduros, poderíamos por favor ser bons europeus, e reconhecer que quando o inevitável calote grego vier, a não ser que tenhamos um Plano B, no primeiro dia não haverá dinheiro nos bancos, e no segundo não haverá pão nas padarias. Até agora não fizeram absolutamente nada. Eu acho que o que acontecerá agora, é que os economistas começarão a montar um plano de contingência que permita a Grécia, Portugal, e também a Irlanda, abandonarem a Eurozona, reescalonarem as suas dívidas, criarem um dinheiro novo que seja desvalorizado em 50%, talvez 60%. E como a Islândia provou em 2008, às vezes é melhor encarar a feia realidade, aceitar quem você realmente é, e começar tudo de novo. É isso que precisa acontecer."
(...)

Nenhum comentário:

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Praia Grande , Big Beach. , SP, Brazil
Historiadora por profissão. Escritora por destino .Viajante no mundo por acaso. Fotógrafa amadora por paixão.