quinta-feira, 14 de abril de 2011

Momento Poesia.



Ando na vida de mãos dadas

como a tua esperança...

-E para que falar em esperança?

Não sei aonde me leva esta ansiedade,
ou esta melancolia
cheia de umidade,
a me envolver como uma cerração...
Para a loucura?
Para a felicidade?
Ou para este morrer de cada dia
de quem vai tateando em noite escura...
Cego do coração?

Que fazer?
Ando na vida

como quem anda

- perdido andando em vão...

Ando na vida de mãos dadas
com a tua lembrança,
a fazer roda em silêncio... numa triste ciranda
sem canção...



                                                                                                                                  J.G.de Araujo Jorge.

Nenhum comentário:

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Praia Grande , Big Beach. , SP, Brazil
Historiadora por profissão. Escritora por destino .Viajante no mundo por acaso. Fotógrafa amadora por paixão.