domingo, 20 de junho de 2010

"Saramaguiando"

José Saramago não considerava o seu último livro Caim o seu particular e definitivo ajuste de contas com Deus - "até porque as contas com Deus não são definitivas, e sim com os homens, que O criaram", afirmou. "Deus, demônio, o bem, o mal, tudo está em nossa cabeça e não no céu ou no inferno, que também foram inventados pelo homem. Não nos damos conta que, ao inventar Deus, imediatamente nos tornamos Seus escravos. Deus não é confiável.”

Nenhum comentário:

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Praia Grande , Big Beach. , SP, Brazil
Historiadora por profissão. Escritora por destino .Viajante no mundo por acaso. Fotógrafa amadora por paixão.